reforço de laje

Dúvidas sobre processos e execução em obra

Moderadores: tsantos, jduraes

reforço de laje

Mensagempor megie » segunda jan 12, 2009 4:13 pm

Boas a todos.

Gostaria de saber a vossa opinião...Hoje cheguei a uma obra que dirijo...e eis que me deparo com uma situação pouco simpática. O dono de obra resolveu contrariar as minhas ordens e não fez cumprir o projecto (que por acaso também fui eu que executei)..e então resolveu colocar tijoleira de 12 num piso onde deveria ser 16...na esperança de eu não topar e tal...mas não teve sorte...

Agora a questão é...o que devo eu fazer...mandar tirar todo o piso ou reforçar a laje? E no caso de a reforçar, qual a melhor forma de o fazer?

Gracias ppl
megie
.
.
 
Mensagens: 65
Registado: quinta Oct 11, 2007 9:17 pm

Mensagempor nelsonrebelo » sábado jan 17, 2009 10:38 am

simples....se nao fores o director de obra e só o projectista relatas o episodio no livro de obra e obrigas a quem é o responsavel pela execução dos trabalhos a assinar.
nelsonrebelo
.
.
 
Mensagens: 9
Registado: quinta dez 13, 2007 2:21 pm

Mensagempor bettencourt » sábado jan 17, 2009 5:48 pm

sim, mas lembra-te da pistola para obrigares o gajo a assinar...

se fores o tecnico responsavel calcula essa laje de 12 mais um reforço de 7cm de malha #12//.15

se não fores o técnico nem o fiscal avisa apenas ou então escreve no livro, mas basta a tua assinatura

ab
bettencourt
.
.
 
Mensagens: 166
Registado: quarta abr 09, 2008 9:51 pm

Mensagempor bettencourt » sábado jan 17, 2009 5:54 pm

sim, mas lembra-te da pistola para obrigares o gajo a assinar...

se fores o tecnico responsavel calcula essa laje de 12 mais um reforço de 7cm de malha #12//.15

se não fores o técnico nem o fiscal avisa apenas ou então escreve no livro, mas basta a tua assinatura

ab
bettencourt
.
.
 
Mensagens: 166
Registado: quarta abr 09, 2008 9:51 pm

Mensagempor megie » domingo jan 18, 2009 12:01 am

Sou a projectista e também a directora da obra...era isso que eu estava a pensar mesmo...calcular uma malha para resistir ao diferencial de esforço...a ver vamos...

Gracias a todos :)
megie
.
.
 
Mensagens: 65
Registado: quinta Oct 11, 2007 9:17 pm

Mensagempor mi6uel » sexta jul 10, 2009 2:46 pm

Olá!

Como resolveste o problema? Esse reforço de 7cm seria para colocar por cima da laje de vigotas ou por baixo?

Uma vez que o mais condicionante serão os momentos positivos, o reforço não teria de ser feito pela face inferior da laje?

Estou com um problema em certo aspecto semelhante. Pretendia reforçar uma laje de vigotas pre-esforçadas que até ao momento serviu como tecto da habitação, mas de momento será criado mais um piso e esta laje passaria a ser o pavimento do piso que vai ser criado.

Já pensei em se executar uma laje maciça por cima da existente, mas o efeito em vez de reforçar poderá ser o oposto uma vez que irá provocar um acrescimo de peso.

O pior é que o vão da laje tem aproximadamente 8m.
mi6uel
.
.
 
Mensagens: 66
Registado: domingo jun 17, 2007 8:30 pm
Localização: Coimbra

Mensagempor David » sexta jul 10, 2009 4:35 pm

SE garantires a ligação entre os dois betões, considerando o acréscimo de betão na face superior, forças de escorregamento e a diferença de retracção (o betão antigo vai impedir o novo de retrair) a secção corresponde à altura total por isso se o acréscimo de esforços não for muito grande o aumento de braço e a possibilidade de ter uma área de betão comprimida maior (daqui dificicilmente haverá problema) pode ser suficiente...
David Miguel
David
.
.
 
Mensagens: 251
Registado: quinta Oct 18, 2007 2:29 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor brunomnr » sexta jul 10, 2009 9:36 pm

Se existir alguem que pretenda fazer lavagem de dinheiro, pode optar por mantas de carbono, caso contrario, iria para uma estrutura metálica.
Reforço com betão sem cuidados específicos, no mínimo a médio prazo, é quase garantido que algumas patologias se vão manifestar.
brunomnr
.
.
 
Mensagens: 39
Registado: sexta nov 14, 2008 2:38 pm

Mensagempor mi6uel » sábado jul 11, 2009 10:35 am

David Escreveu:SE garantires a ligação entre os dois betões, considerando o acréscimo de betão na face superior, forças de escorregamento e a diferença de retracção (o betão antigo vai impedir o novo de retrair) a secção corresponde à altura total por isso se o acréscimo de esforços não for muito grande o aumento de braço e a possibilidade de ter uma área de betão comprimida maior (daqui dificicilmente haverá problema) pode ser suficiente...


O objectivo seria aumentar a sua inercia pelo aumento da espessura da laje, certo?
Mas pode sempre haver o problema de o tipo de vigotas existente não ter resistência suficiente, não é?

Pois, as mantas têm esse inconveniente :)

Obrigado
mi6uel
.
.
 
Mensagens: 66
Registado: domingo jun 17, 2007 8:30 pm
Localização: Coimbra


Voltar para Execução em Obra

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes